Olhar do Danyel: Uma “imagem” vale mais do que mil palavras

Olhar do Danyel: Uma “imagem” vale mais do que mil palavras

Foto: Reprodução/YouTube

Você que é fã de MMA, participe do nosso site, comentando e interagindo sobre os assuntos relacionados às artes marciais.

Quem assina quinzenalmente a coluna o Olhar do Danyel é o parceiro do site, Danyel Lorenzo @daparisse.

Uma “imagem” vale mais do que mil palavras

Quanto vale sua imagem?  Para algumas pessoas vale muito, principalmente para quem vive e depende de sua imagem.  No mundo das lutas não é diferente, o lutador depende da associação da sua imagem para vender suas lutas. Tanto do lado Bad Boy quanto do lado Golden Boy. O importante é fazer um bom uso dela e com isso conseguir cada vez mais fãs para seu legado.

Um exemplo do lado dos Golden Boys é o nosso campeão José Aldo. Lutador sério, compromissado, raramente envolvido em polêmicas, adorado e aclamado pela torcida.  Manauara, mas possui uma excelente identificação com o Rio de Janeiro, onde se radicou. Funcionário exemplar, em umas das poucas polêmicas envolvidas, nas vésperas do UFC Rio 3 sofreu um acidente de moto e teve de abandonar o card, tratando logo de se desfazer do brinquedinho para alegria do Big Boss Dana White, incidente que quase arruinou o evento, salvo até então pelo BadBoy Anderson Silva. Ao contrário de Aldo, o Spider sempre esteve envolvido em polêmicas, sua atitude desrespeitosa dentro do Octagon fez sua imagem de vilão tomar forma. Sua fama de vilão cresceu após a fatídica luta em Abu Dhabi contra o “ídolo local” Demian Maia. Em um país onde o Jiu- Jitsu é paixão nacional, Anderson, brincou, desrespeitou e esnobou Demian, recebendo uma sonora vaia dos presentes. O descontentamento nessa luta foi tanto, que o Big Boss, irritado, não subiu ao Octagon para a tradicional entrega do cinturão. Porém Anderson fez fama e tratou logo de cuidar de sua imagem, seus assessores tiveram trabalho, mas transformaram sua imagem.
Cunhado em combates que foram um espetáculo a parte, a imagem de Anderson se fixou como a de um ídolo, após o seu segundo triunfo contra o falastrão Chael Sonnen. Podemos dizer que até que o combate fez mais sucesso fora do octagon do que dentro . Chael se prendeu as provocações agressivas, sendo que muitas delas em tom desrespeitoso, citando a família de Anderson, que não ficou nada feliz. Após o belo nocaute com uma joelhada e uma sequência de golpes, Anderson convidou o “American Ganster” para ir a sua casa comer um churrasco, citando que os Brasileiros são educados. Estratégia perfeita e com isso a imagem de vilão foi toda removida tornando Anderson um ídolo nacional para muitos. Apesar que na minha opinião, Chael Sonnen consegue promover sua imagem de uma maneira inusitada, brincando de vilão quando lhe convém, mas mostrando seu lado humano que lhe é característico. Participante do TUF 17, o Team Chael deu uma lavada em Jon Jones. Mostrando um lado totalmente oposto de Sonnen. Um técnico dedicado, protetor, conselheiro e vitorioso. Arrancando elogios até de seu adversário. Diante de tanta popularidade o Big Boss, tratou logo de convidar Chael Sonnen para o TUF Brasil 3, colocando a rivalidade de Wanderlei Silva e Chael Sonnen a prova.

Como era de se esperar a torcida Brasileira tratou logo de hostilizar o Americano, Wanderlei não deixou por menos entrando na onda. Com o passar dos episódios o falastrão foi conquistando a torcida, passando a imagem de vilão para seu adversário que não soube aproveitar o histórico negativo do americano e encarnou o Bad Boy da vez. Com atitudes desastrosas e uma edição muito bem feita, Wand caiu como uma luva no papel que lhe submeteram, deixando arranhada uma imagem construída através de anos de luta e desenvolvimento ao esporte.

Torcedor as vezes é cruel, a imagem de um ídolo pode ir do céu ao inferno em apenas um erro. Possuo alguns ídolos no esporte, onde tento manter a imagem do atleta a parte da imagem da pessoa do ser-humano , que também erra, mas com a diferença que está sempre em evidência. Quando você quiser ter um ídolo para sempre, nunca o conheça pessoalmente.

Este texto reflete a opinião do seu escritor e não necessariamente a do site.

Fã, deixe sua opinião, queremos saber qual seu olhar sobre esse assunto.

Participe comentando abaixo:

Danyel Lorenzo
@daparisse no twitter

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Danyel Lorenzo formado em Administração, sócio da operadora de turismo Fauxtur Agência de Turismo e Eventos, a qual tem como especialidade desenvolver pacotes turísticos para eventos de lutas e esportes em geral. Amante dos esportes e aficionado por lutas, lutador de jiu-jítsu, praticante de judô e boxe, integra a equipe do Olhar do Fã no MMA, escrevendo suas crônicas na coluna Olhar do Danyel, com assuntos do cotidiano no mundo das lutas.

Notícias relacionadas

  • Danyel P Lorenzo

    Obviamente por fazer parte da equipe, existe uma tendencia em gostar do site e do trabalho de todos relacionado aqui. Porém, sendo muito sincero, o novo site além de ser totalmente inovador com o Olhar do Fã TV, o novo visual e o conteúdo exposto, demonstra total profissionalismo e seriedade. Orgulho de fazer parte dessa Equipe.

  • LU Moralete

    Conhecer Sonnen pessoalmente me fez gostar o dobro do que já gostava dele anteriormente. Portanto, acredito que quando o autor argumenta “Quando você quiser ter um ídolo para sempre, nunca o conheça pessoalmente” não posso concordar. Alguns ídolos realmente deixam de ser ídolos quando nos deparamos com a “realidade” e o cara se mostra um mala. Mas no que se refere ao SONNEN isso não procede. Quem teve oportunidade de estar com ele pode comprovar, inclusive a equipe deste blog. Abraço a todos e parabéns pelo blog!

    • Danyel P Lorenzo

      Mas é isso mesmo Lu. No texto eu generalizei, mas como sempre tem o lado positivo, alguns lutadores que não eram meus preferidos, após conhece-los viraram ídolos. Abs e obrigado pela participação.

  • Olhar do fã no MMA

    Obrigada queridos… um trabalho dedicado a quem mais gosta de MMA , os fãs!! E essa essência para nós é a prioridade sempre! Realmente Lu o Sonnen foi uma pessoa que nos surpreendeu demais após conhecer ele. Isso infelizmente não serve para todos, cada caso é um.. já vi muitos fãs decepcionados com seus respectivos ídolos do esporte.. abraços